in , ,

Bambu pretende disponibilizar serviços bancários para pessoas sem contas

Empresa escolha plataforma de última geração para disponibilizar serviços bancários através do celular para pessoas que não possuem contas bancárias

bambu-pretende-disponibilizar-servicos-bancarios-para-pessoas-sem-contas

A fintech Bambu optou pela Modern Banking Platform da FIS como solução bancária digital voltada para pessoas sem contas bancárias ou sub-bancarizadas dos Estados Unidos, conforme afirmou a empresa líder do mercado de serviços financeiros FIS™.

A Bambu, criou um aplicativo móvel para prestar serviços bancários com segurança para pessoas que não tem acesso a contas bancárias nos EUA ou outros tipos de serviços financeiros. Segundo o FDIC, pouco mais de 25% das famílias dos EUA (27,1 milhões) não tem contas bancárias ou são sub-bancarizadas. O novo aplicativo permite contas pré-pagas com seguro FDIC, depósitos em cheque, depósito de dinheiro no varejo entre outros serviços.

Tecnologia para agilizar os negócios

A recém-anunciada Modern Banking Platform, da FIS, concede à Bambu uma tecnologia digital com mais funcionalidades como, flexibilidade e abertura, além do crescimento gradativo e resiliência essenciais para a operação.

Através da sua arquitetura modular cloud-native e conexão de programação de aplicativos abertos, a Modern Banking Platform permitirá à Bambu o lançamento de vários produtos e operar conforme as mudanças de regulação bancária. A saída da FIS será entregar por meio de um modelo de software como serviço (SaaS) que permitirá à Bambu agilizar os processos de investimentos de capitais.

Nova plataforma de negócios

“Nossa nova plataforma nos oferece a escalabilidade para nos adaptarmos ao cenário em constante mudança das empresas de tecnologia da informação e fornecermos serviços financeiros cruciais a clientes anteriormente desbancarizados ou sub-bancarizados por meio de dispositivos móveis”, afirmou Douglas Quay, fundador, Chairman e CEO da Bambu.

Portanto, o aplicativo mobile banking da Bambu proporciona um caminho de acordo com as necessidades desejadas pelo consumidor, com uma avançada tecnologia, onde clientes que não dispõem de contas bancárias ou são sub-bancarizados, terão a oportunidade de utilizar dos serviços da nova plataforma digital, flexibilizando e impulsionado os negócios de quem não tem contas.

cryptau-primeira-cryptoproperty-tem-seus-direitos-divididos-entre-compradores

Cryptau: primeira cryptoproperty tem seus direitos divididos entre compradores

A especialista Roberta Veloso fala sobre o futuro do mercado de shopping centers no novo normal

A especialista Roberta Veloso fala sobre o futuro do mercado de shopping centers no novo normal