in

Cryptau: primeira cryptoproperty tem seus direitos divididos entre compradores

Tecnologia chega para inovar o mercado imobiliário através do Blockchain

cryptau-primeira-cryptoproperty-tem-seus-direitos-divididos-entre-compradores

Aqueles que negociam compra e venda de imóveis, sabem que por trás das negociações sempre a muita burocracia. Geralmente os processos são bem demorados, como documentos em cartórios, assinaturas de contratos, pagamentos, entre outros tipos de processo. Entretanto, com o constante avanço da tecnologia, é possível agilizar todo o processo através do blockchain, de modo mais seguro, autônomo e rápido.

Por exemplo, a Fazenda Dois Irmãos, no município brasileiro de Nova Aripuanã, no Amazonas, é a primeira no Brasil a passar pelo processo de tokenização em formato de cryptoproperty, ou seja, ter seu direito de propriedade transformado em ativo digital. Desse modo, a propriedade foi dividida em terrenos menores, que são representados digitalmente em 100 milhões de tokens Cryptau (AM1). Cada comprador da Cryptau, torna-se possuidor de uma fração de 1/100.000.000 do direito de propriedade sobre a fazenda.

Benefícios da compra

Uma das grandes vantagens para o comprador é que também pessoas com baixo poder aquisitivo podem fazer negociações no mercado imobiliário, com a divisão da propriedade. A propriedade em questão, também foi declarada a possibilidade da existência de ouro e outros minérios, fundamentado em estudos técnicos por meio de satélites, geoprocessamento e fotointerpretação.

Segurança e rapidez

Com um investimento de apenas R$ 50 nas compras, a Cryptau inova na hora de comprar e vender imóveis com rapidez nas transações, realizadas através da plataforma Ethereum e que ficam armazenadas na blockchain. Isso garante mais segurança, agilidade e independência protegendo os computadores contra possíveis ataques de hackers, substituindo os habituais banco de dados utilizados.

Além disso, este novo método permite a negociação direta entre comprador e vendedor, não precisando da intermediação de terceiros.

Para um dos realizadores do projeto, Fernando Lopes, o diferencial é a agilidade no processo. “A Cryptau é um meio, não um fim. A ideia é que o comprador adquira uma fração ou toda a propriedade e este vai ser o investimento realizado por ele, diferente do bitcoin e das criptomoedas, por exemplo, que já são os investimentos. A cryptoproperty apenas facilita a compra, substituindo os intermediários tradicionais. É uma nova tecnologia que permite a compra e venda de bens de forma direta entre as partes, o que até então era impossível de se realizar pela internet nesse tipo de mercado”, explica.

vantagens-do-home-office-sao-listadas-por-brasileiros

Vantagens do home office são listadas por brasileiros

bambu-pretende-disponibilizar-servicos-bancarios-para-pessoas-sem-contas

Bambu pretende disponibilizar serviços bancários para pessoas sem contas