TecnologiaDia do Abraço ganha significado simbólico no ambiente digital durante pandemia

Dia do Abraço ganha significado simbólico no ambiente digital durante pandemia

22 de maio de 2020 será um dia incomum. Em outros anos, a data em que se comemora o Dia do Abraço se perdia em meio à correria da vida, ao trânsito caótico das grandes cidades e aos compromissos inadiáveis do dia a dia das pessoas. Agora, quando uma nova rotina se impõe, quando estamos todos em casa, isolados devido à pandemia, celebrar a data comemorativa ganha um significado especial e simbólico. 

Pela importância do afeto para a saúde emocional das pessoas durante o isolamento social, o Hermes Pardini – referência em Medicina Diagnóstica no Brasil – estimula um movimento positivo de compartilhamento do gesto de autoabraço. O intuito é espalhar pelo país, mensagens de reconhecimento e afeto.

Como vai funcionar

Envolva-se num autoabraço e marque sua foto ou vídeo com a #EsseAbraçoÉSeu nas redes sociais. Para estimular o movimento social em ambiente virtual, quem quiser pode entrar no desafio da internet e convidar um @alguém para participar.

Como surgiu a iniciativa

A rede de laboratórios Hermes Pardini vem participando ativamente do esforço nacional de diagnóstico à pandemia do coronavírus no Brasil. “Desde o início do ano, o que temos visto são abraços dando lugar ao distanciamento. E quando temos que nos afastar das pessoas que mais importam para a gente, acabamos descobrindo a importância do afeto e da proximidade nas relações”, contou o gerente Executivo de Estratégia, Produtos, Marketing e Inovação do Hermes Pardini, Hernan Firpo.

Em razão do distanciamento social, o Hermes Pardini vem direcionando novos serviços para o cenário virtual. Segundo ele, quando tudo isso passar – e logo vai passar -, teremos muito mais gente para abraçar além de nossos pais, avós, netos e amigos. “Passamos a valorizar mais as pessoas, especialmente as que deixam a segurança de suas casas para se colocar na linha de frente dessa pandemia”, explicou Hernan. Mas enquanto esse dia não chega, podemos distribuir abraços no universo digital – ambiente onde todos estamos conectados para manter nossas relações afetivas. “Vamos mostrar as pessoas em quarentena mandando abraços à distância (mas de todo o coração)”, concluir Hernan Firpo.

Inscreva-se hoje

RECEBA APENAS CONTEÚDO SEM SPAM!

INFORMAÇÕES CLARAS E VERIFICADAS

SAIBA TUDO ANTES DE TODOS

FIQUE POR DENTRO EM TEMPO REAL

Receba apenas o que é necessário! Não enviaremos spam!

Conteúdo Exclusivo

- Advertisement -

Últimos artigos

Mais artigos

- Advertisement -
Change privacy settings