NegóciosPayPal amplia opções de atendimento aos clientes

PayPal amplia opções de atendimento aos clientes

A empresa de pagamentos eletrônicos PayPal faz parte do grupo de companhias que está lucrando com a crise provocada pela pandemia de Covid-19. Só no segundo trimestre de 2020, entre abril e junho, a companhia teve alta de 86% nos lucros, chegando a 346 milhões de usuários no período. O resultado é reflexo da mudança no comportamento de consumo do brasileiro durante o período de isolamento social.

Em resposta ao aumento de sua base de clientes, a PayPal anunciou recentemente uma mudança em seus serviços: a opção de adicionar cartões de débito às contas para pagamentos on-line. Com a alteração, quem usa o serviço poderá efetuar pagamentos à vista, debitados da conta bancária, de forma automática. Alternativa é ideal para consumidores que não tenham cartão com a opção crédito ou quando o valor da compra excede o limite.

A novidade veio em boa hora já que, de acordo com o Banco Central, há cerca de 132 milhões de cartões de débito ativos no Brasil atualmente. Porém, vale lembrar que a aderência dos e-commerces nacionais a essa modalidade ainda é pequena. O cenário pode mudar com as alterações promovidas pela PayPal, que conta com a parceria de alguns dos maiores bancos brasileiros.

As instituições parceiras passaram a contar com a solução de débito sem a necessidade de autenticação do PayPal para as opções de pagamento on-line. A ideia, de acordo com a companhia, é seguir com sua diretriz de democratizar o acesso aos serviços financeiros, oferecer facilidades e controle de finanças aos clientes.

Mais mudanças trazidas pela pandemia

O aumento no número de pagamentos on-line e a crescente necessidade de enviar ou receber dinheiro do exterior motivou outra medida. Trata-se da expansão do Instant Transfer, serviço que, como o próprio nome sugere, permite transferências instantâneas para pagamentos domésticos ou internacionais.

Anteriormente era preciso aguardar dias para que esse tipo de transação fosse realizada. O empreendimento só foi possível graças à parceria com a multinacional de serviços financeiros Visa, por meio do Visa Direct para a realização de pagamentos.

Outra medida anunciada pela PayPal na esteira do novo coronavírus é o programa “Crédito para o seu Negócio”, voltado a pequenos e médios empreendimentos. Por meio dele, microempreendedores individuais (MEI), pequenas e médias empresas podem ter acesso a empréstimos de forma totalmente on-line, menos burocráticas e com juros mais baixos do que os praticados pelo mercado. Para ter acesso é preciso ter conta ativa no PayPal há pelo menos seis meses.

Os valores disponíveis variam entre R$ 5 mil e R$ 2,5 milhões, a depender do negócio, distribuídos por um valor máximo de 36 parcelas fixas. Os juros mensais mínimos cobrados são de 1,5% do valor solicitado.

Efeito rebote: PayPal vira alvo de golpistas

O sucesso da companhia teve um efeito rebote nada agradável para a PayPal. Recentemente golpistas usaram o nome da companhia para tentar extorquir dinheiro dos correntistas nos EUA.  Estelionatários enviaram mensagens para os clientes da empresa, informando que haviam recebido uma fatura para ajudar as vítimas do incêndio da Califórnia ou no combate à Covid-19.

À primeira vista, era claro o aspecto fraudulento do conteúdo, porém, como o boleto era gerado pela PayPal, muitas vítimas ficaram em dúvida sobre a origem. Mesmo não clicando no link que os golpistas enviaram, o débito ficava pendente na conta do consumidor.

Embora tenha admitido o problema, a PayPal não apresentou soluções práticas. Dessa forma, restou aos consumidores pedirem o ressarcimento via central de atendimento ao cliente. A empresa garante que as informações dos clientes não foram violadas.

Não foram relatados casos de fraude entre os usuários brasileiros.

Inscreva-se hoje

RECEBA APENAS CONTEÚDO SEM SPAM!

INFORMAÇÕES CLARAS E VERIFICADAS

SAIBA TUDO ANTES DE TODOS

FIQUE POR DENTRO EM TEMPO REAL

Receba apenas o que é necessário! Não enviaremos spam!

Conteúdo Exclusivo

- Advertisement -

Últimos artigos

Mais artigos

- Advertisement -
Change privacy settings