BancosHygia bank recebe aporte de capital e amplia portfólio

Hygia bank recebe aporte de capital e amplia portfólio

Empresários do Rio Grande do Sul destacam a visão de saúde preditiva da finhealth ao decidir fazer o investimento

A hygia, primeira finhealth do Brasil — startup de soluções em saúde  — recebeu neste mês de agosto aporte de 1 milhão de dólares de um grupo de empresários do Rio Grande do Sul com forte expertise no setor de empresas de tecnologia e saúde, na modalidade smart money, na qual os investidores também vão entrar com mentoria em gestão, contatos, desenvolvimento de produtos e clientes.

Zeca Martins, que também é sócio da startup de compras colaborativas CompraComigo e da fabricante de insumos para medicina nuclear R2IBF, explica que a visão de saúde preditiva da finhealth foi preponderante para a decisão de fazer o aporte. “Eu gosto muito do discurso do Maikol (Parnow, CEO da hygia bank) quando diz que as pessoas só pensam em saúde quando estão no médico tratando a doença, e fazer promoção de saúde para os funcionários agrega valor ao negócio das empresas para as quais presta serviços”, conceitua.

Outros dois pontos que foram essenciais para a decisão de fazer o aporte foram o relacionamento com o Dr. Alexandre Parma, cofundador da hygia bank, por meio da R2IBF e, principalmente, a equipe altamente qualificada da finhealth. “Não adianta ter um supermodelo de negócio com um time sem qualificação ou desengajado, pois não chega a lugar algum”, pondera.

Para Martins, a hygia bank tem um mercado muito grande e interessante para ser explorado que, embora não seja fácil devido à necessidade de causar alguma disruptura e agregar valor à vida das pessoas, das empresas e dos interlocutores da área de saúde, ela tem todas as características e modelos de negócio para atingir os resultados que almeja.

O investidor confessa que ficou surpreso com o rápido crescimento da finhealth em apenas dois anos, com o desenvolvimento de vários produtos como o selo Work Health is Better, certificação para as empresas que investem em ações de promoção de saúde; aquisição da Dr. Mob, sistema de gestão para clínicas e centros médicos; lançamento de um plano de saúde baseado na prática de hábitos saudáveis dos funcionários das contratantes do serviço; desenvolvimento de um teste genético vendido nas farmácias da rede Panvel, enfim, um vasto portfólio de produtos e serviços.

Martins afirma que pretende levar sua expertise de empresário para alavancar as vendas da hygia bank. “É importante criar estatísticas dessas ações de promoção de saúde, mostrando que elas podem elevar a produtividade da empresa em 80%, por exemplo. Trazer dados numéricos é melhor do que simplesmente falar que o negócio aumenta a produtividade, para evitar questionamentos do tipo ‘esse aumento de produtividade compensa meu custo?’”, analisa.

Maikol Parnow, CEO da hygia bank, afirma que o aporte ajudará na estratégia de Go To Market e crescimento do time da hygia. “Estamos muito felizes com a entrada do grupo, não só pelo recurso financeiro, mas pela maturidade de gestão e visão que eles possuem. O próximo quarter será de preparação para colocarmos de pé toda nossa estratégia de crescimento exponencial para 2022”, destaca.

O empresário adianta que a hygia bank deverá ter até o final do ano o primeiro superaplicativo da área de saúde do país, com uma evolução da aplicação atual. “Em 2022, marcaremos nosso nome entre os grandes players e teremos uma escala exponencial”, estima.

Inscreva-se hoje

RECEBA APENAS CONTEÚDO SEM SPAM!

INFORMAÇÕES CLARAS E VERIFICADAS

SAIBA TUDO ANTES DE TODOS

FIQUE POR DENTRO EM TEMPO REAL

Receba apenas o que é necessário! Não enviaremos spam!

Conteúdo Exclusivo

- Advertisement -

Últimos artigos

Mais artigos

- Advertisement -
Change privacy settings